Saiba mais sobre o Harmonia: o congresso sobre harmonização orofacial
17 de fevereiro de 2020
Conheça os benefícios do suco detox
4 de março de 2020
Exibir tudo

Saiba como evitar o efeito sanfona

O efeito sanfona consiste na repetição do processo de ganho e perda de peso. Este processo está frequentemente ligado à redução do gasto calórico e ao aumento da ingestão de calorias. Conforme os pacientes engordam e emagrecem repetidas vezes, o organismo pode desenvolver certa resistência à eliminação de peso. Quando isso acontece, emagrecer se torna um procedimento complexo, acarretando complicações.

AGENDE UMA CONSULTA

Quais são as possíveis complicações causadas pelo efeito sanfona?

Engordar e emagrecer repetidas vezes pode provocar o enfraquecimento do sistema imunológico e o aumento dos níveis de colesterol. Em alguns casos, podem ocorrer doenças coronárias, hipertensão e alterações na produção de óvulos e espermatozoides. 

 

Por que ocorre o efeito sanfona?

Muitas podem ser as causas do efeito sanfona. Em alguns casos, ele ocorre após o término de dietas muito restritivas, já que o paciente pode voltar a se alimentar de maneira excessiva. O consumo exagerado de determinados alimentos e substâncias sobrecarrega o organismo, que responde com o retorno ao peso indesejado.

Buscar aconselhamento médico é a forma correta de determinar porque um organismo está encontrando dificuldades de se manter no peso ideal. O especialista poderá, através dos resultados de exames específicos, avaliar cada caso de modo individual. Assim, o paciente conhecerá as melhores estratégias de acordo com seu organismo, sejam alimentares ou referentes à prática de exercícios físicos.

 

Como posso evitar o efeito sanfona?

1 – Beba bastante líquido

Nosso organismo é composto por aproximadamente 75% de água, o que faz com que mantê-lo hidratado seja essencial para seu bom funcionamento. Além da água, você pode consumir sucos integrais e naturais, água de coco e vitaminas, opções que também fornecem nutrientes.

 

2 – Procure comer de três em três horas

Manter uma alimentação equilibrada inclui pré-determinar nutrientes e horários a fim de aprimorar a ingestão dos alimentos. Ao evitar a gula, ou “beliscar” fora de hora, prevenimos o ganho indesejado de peso. Além disso, comer em pequenos intervalos evita que a próxima refeição seja realizada com tanta fome.

 

3 – Insira frutas ao seu cardápio diário

A recomendação é ingerir ao menos três tipos de frutas ao dia. Algumas frutas, como mamão, pera, morango e maçã são ricas em fibras, ou seja, promovem a saciedade e ajudam no bom funcionamento intestinal. Outro aspecto positivo é que elas ajudam a acelerar o metabolismo, facilitando a perda de peso. Elas podem ser consumidas entre as refeições ou mesmo como sobremesas, em substituição a doces e outras guloseimas. 

 

4 – Escolha alimentos ricos em gorduras boas

Estas gorduras promovem a saciedade e auxiliam na prevenção de doenças cardiovasculares. Desta forma, é possível reduzir a compulsão alimentar e a gordura abdominal. 

 

5 – Pratique atividades físicas

Realizar exercícios físicos por, ao menos, 30 minutos por dia aprimora as principais funções do seu corpo, prevenindo o ganho de peso. Consulte um profissional e, dentro das opções, escolha a que mais lhe agrada, seja em casa, na academia ou ao ar livre. Além de perder calorias, abandonar o sedentarismo permite a experimentação de uma grande melhora na qualidade de vida.

 

Sendo assim, manter o peso após o emagrecimento é mais do que uma questão estética. É preciso dar continuidade aos hábitos saudáveis recém-adquiridos e ter cuidados específicos para evitar a perda de massa muscular.

AGENDE UMA CONSULTA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1
Olá, tudo bem?
Como podemos ajudar?
Envie uma mensagem aqui e te responderemos o mais breve possível.
Powered by