Saiba mais sobre a perda capilar durante a suplementação
27 de janeiro de 2020
Saiba mais sobre o Harmonia: o congresso sobre harmonização orofacial
17 de fevereiro de 2020
Exibir tudo

Saiba o que muda no organismo durante e após o emagrecimento

É sabido que emagrecer de modo saudável traz uma série de benefícios, mas você sabe o que acontece no organismo? O emagrecimento traz mudanças externas e internas, sendo estas últimas as mais importantes.

AGENDE UMA CONSULTA

O que muda externamente?

De modo geral, além da redução de medidas, emagrecer proporciona pele, cabelo e unhas mais bonitas. A pele e o cabelo são beneficiados pela hidratação do organismo, e este passo faz parte do processo de emagrecimento. Alimentos ricos em colágeno, biotina, vitamina C e ômega 3 também são benéficos. Entre estes estão: leguminosas, folhas escuras, ovos, castanhas, frutas cítricas e peixes.

As unhas são favorecidas pelo consumo de alimentos que possuem aminoácidos e as vitaminas B, C e E em abundância. Essas substâncias estimulam a produção de queratina e demais proteínas que favorecem o fortalecimento das unhas.

Há uma notável redução da gordura visceral após um período de prática regular de exercícios e adoção de hábitos alimentares saudáveis.

 

O que muda internamente?

Um dos maiores benefícios internos do emagrecimento é a diminuição da pressão arterial. Isso reduz a fibrose e a gordura do fígado bem como as chances de desenvolver doenças como infarto e derrame. O acúmulo de gordura no sangue, provocado pela síndrome metabólica, pode causar AVC e a circulação sanguínea é beneficiada pela perda de peso.

Quem sofre de enxaqueca se beneficia do emagrecimento saudável, já que ele possibilita o aumento da produção de serotonina. Este hormônio confere a sensação de bem-estar. Além disso, quando em conjunto com a prática de atividades físicas, a dieta permite a redução de cerca de 60% das crises. O aumento de serotonina também melhora o desejo sexual.

O excesso de peso pode agravar quadros de alergias respiratórias, uma vez que tende a sobrecarregar o sistema respiratório. Para combater crises alérgicas, alimentos ricos em agentes antioxidantes, como abacate, brócolis, cebola, laranja e maçã, devem ser priorizados. As doenças nas articulações, que também sofrem devido ao sobrepeso, podem ter sua incidência reduzida em até 76%.

Em relação a diabéticos, os sintomas da doença são reduzidos diante da perda de peso, podendo influenciar a quantidade de medicação necessária ao tratamento. Com o emagrecimento, quem não possui diabetes tem o risco de desenvolver a doença reduzido em até 80%.

E não é só isso. Emagrecer melhora a microbiota intestinal, regulando o funcionamento do intestino, facilitando a absorção de nutrientes essenciais ao bom funcionamento do organismo. Além disso, o humor também é favorecido pela redução do peso corporal e há melhora da síntese de algumas vitaminas, contribuindo para a produção de energia. Também há redução do colesterol, do estresse e dos riscos de apresentar doenças cardiovasculares. Com isso, o organismo do paciente se torna menos propenso a desenvolver câncer, apneia do sono e depressão.

Para emagrecer de modo saudável e obter seus benefícios, devem-se respeitar as condições individuais do paciente considerando seu histórico médico. Antes de realizar qualquer mudança comportamental, como alimentar ou referente a atividades físicas, busque aconselhamento médico.

AGENDE UMA CONSULTA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1
Olá, tudo bem?
Como podemos ajudar?
Envie uma mensagem aqui e te responderemos o mais breve possível.
Powered by